Viagem

7 Atrações Para Visitar em Marrakech


Em um destino exótico e tão diferente como Marrakech, o que não faltam são atrações incríveis e de tirar o fôlego. Se tiver viajando com tempo, aproveite para visitar algumas vilas e cidadezinhas por perto, ou até mesmo o Deserto do Sahara. Mas se não for esse o caso e tiver só alguns dias, você não pode deixar de visitar as seguintes atrações:

1 . Praça Jemaa El Fna:

A praça transborda uma energia incrível. Um pouco mais tranquila durante o dia, se transforma completamente ao fim da tarde, hora em que tanto turistas como locais aglomeram-se para comer nas muitas barraquinhas de comida de rua, ou para tomar o famoso suco de laranja natural nos muitos restaurantes a volta da praça, onde é possível ter aquela vista incrível da praça e do pôr do sol.
Há, além das barracas de comidas, berberes em seus trajes coloridos e tradicionais, tocando seus instrumentos, encantadores de serpentes, macacos, artesanatos e muitos, mas muitos turistas.

2 . Os infinitos Souks (mercados abertos):

O que não pode faltar na nossa lista são os Souks de Marrakech. Os mercados abertos são o núcleo comercial da medina, onde encontramos o melhor artesanato marroquino. São inúmeras bancas de couro, prata, ferro forjado, tecidos e especiarias.
É bem possível que irá se perder. Não se preocupe, não tenha medo, faz parte da experiência. Para sobreviver as compras aprenda a negociar com os vendedores. Pechinchar faz parte da cultura, portanto não fique tímido.

3 . O Palácio da Bahia:

O palácio foi construído no século XIX pelo grão-vizir Si Musa e ampliado pelo seu filho Ahmed ben Musa, que mantinha aqui o seu harém: 4 esposas e 24 concubinas. Além das divisões familiares, o lugar era composto por uma mesquita, um jardim, uma horta e um grande pátio, à volta do qual se encontravam os quartos das concubinas.

4 . A Madraça Ben Youssef:

Esta linda escola do Alcorão tem uma arquitetura maravilhosa, foi fundada no século XIV.  O pátio interior tem uma piscina de purificação e a construção é tão incrível que é considerada uma das mais belas obras da arquitetura marroquina.

Havia dormitórios para 130 estudantes da religião islâmica, chegou a receber até 900 estudantes. Cada um deles apenas poderia ingressar quando tivesse memorizado os 6600 versículos do Alcorão. A escola funcionou até 1960 e hoje em dia é aberta a visitação.

5 . Os túmulos Saadianos

Trata-se de um mausoléu onde foram enterrados 60 membros da dinastia saadiana que reinou no Marrocos do século XVI ao XVII. Após a queda desta dinastia, o mausoléu foi tapado e apenas foi descoberto em 1917, praticamente intacto.

Além da família, na parte de fora existe um jardim onde foram sepultados os soldados e servos mais próximos da realeza.

6 . Jardim Majorelle:

O Jardim foi construído pelo pintor francês Jacques Majorelle entre 1920 e 1930. O lugar foi posteriormente comprado por Yves Saint-Laurent e Pierre Bergé. As cinzas do famoso estilista estão no jardim.

Além dos jardins, existe um pequeno museu da cultura berbere, composto por 3 salas.

7 . Os jardins da mesquita de Cutubia:

A Mesquita de Cutubia é a mais importante de Marrakech, sua torre alta pode ser vista de várias partes da cidade. Infelizmente é proibida a entrada de não muçulmanos, más o jardim é  aberto a todos.

Adorei Marrakech e espero voltar com muito mais tempo para explorar. Super aconselho a viagem, o Marrocos é incrível e vale muito a pena a viagem.  Tem mais informações nos posts anteriores e abaixo vou deixar a segunda parte do vlog que fizemos por lá:

anterior
proxima

You Might Also Like

0 Comentários

Responda

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.